Quem Somos
Embaixadores
Promoção de Produtos Certificados
Lenços de Namorados
Olaria de Barcelos
Figurado de Barcelos
Bordado de Guimarães
Bordado de Viana do Castelo
Renda de Bilros
Destaques
GIP-adere
Dinamizar
Formação para Empresários "Medida 3.1."
Aponte para o Gerês
PICA (Promover a Igualdade Construindo Alicerces)
Formar Para A Igualdade
Postais Lenços de Namorados
Viveiro de Artesanato
Bonecas Biotradicionais
Facebook
Newsletter
Subscreva a Newsletter Adere-Minho para ficar a par de todas as nossas novidades.
Pesquisar
Prémios do site

designersdepot

09.jpg
ADERE-MINHO EXPÕE TRADIÇÃO DOS LENÇOS DE NAMORADOS DO MINHO NO KING’S COLLEGE, EM LONDRES Exposição realizada no âmbito do Arts & Humanities Festival 2015, subordinado ao tema Fabrication
Quarta, 14 de Outubro de 2015

 

       Conceição Pimenta João Silvestre Teresa Costa Camila Silva

Oficinas2  Oficinas

Visita Embaixador  Visita Embaixador2

          Oficinas4

          João Silvestre

A convite do Centro Camões para a Língua e Cultura Portuguesa do King’s College, a ADERE-MINHO participou no Arts & Humanities Festival 2015, onde promoveu a exposição Fabric letters: the language of Portuguese fiancés’ kerchiefs, sobre a Tradição dos Lenços de Namorados do Minho.

João Silvestre, Professor do Centro de Camões, explicou que a escolha desta exposição surgiu do tema do Festival, que é "Fabrication", que em inglês se relaciona tanto com criação como com têxteis. "Pareceu-nos que a tradição dos Lenços de Namorados do Minho respondia perfeitamente ao tema, tanto nos sentidos metafóricos, como no literal: os lenços são uma forma de escrever, aliada às artes manuais e ao saber artesanal", vincou.

A iniciativa dirigiu-se a estudantes da universidade, mas também alunos de português de escolas em Londres, dando a conhecer não apenas os bordados, mas também os poemas e ditos populares, com tradução multilingue, chegando também a académicos que se interessam pela literatura popular europeia e tradições culturais. "Em outras culturas há tradições semelhantes de escrita bordada e os visitantes não deixarão de estabelecer comparações com as culturas de origem", concluiu. Integrado na exposição, decorreram em paralelo oficinas e workshops interactivos para diferentes públicos e idades, que estimularam a participação dos visitantes, iniciativas que se revelaram um sucesso, pela adesão e entusiasmo dos participantes. Destaque para o Workshop de Iniciação à arte de bordar, em que, em sessões de cerca de 30 minutos, duas artesãs ensinaram a bordar os pontos básicos dos bordados tradicionais minhotos, a oficina de Escrita criativa a partir de quadras tradicionais, em que os visitantes foram convidados a criar e escrever numa miniatura de “lenço” uma dedicatória para um familiar ou amigo e a Oficina  de Colorir, onde  os visitantes deram cor a reproduções dos lenços da exposição, usando a paleta de cores tradicionais.

No encerramento da exposição, a responsável da Associação fez também questão de presentear com um Lenço dos Namorados do Minho personalizado João Silvestre, director do Centro Camões para a Língua e Cultura Portuguesa do King's College, impulsionador desta exposição e do convite dirigido à Adere-Minho, a quem agradeceu “pela hospitalidade,pela organização e pelo convite que possibilitou a promoção além-fronteiras desta maravilhosa tradição”.

.