Quem Somos
Embaixadores
Promoção de Produtos Certificados
Lenços de Namorados
Olaria de Barcelos
Figurado de Barcelos
Bordado de Guimarães
Bordado de Viana do Castelo
Renda de Bilros
Destaques
GIP-adere
Dinamizar
Formação para Empresários "Medida 3.1."
Aponte para o Gerês
PICA (Promover a Igualdade Construindo Alicerces)
Formar Para A Igualdade
Postais Lenços de Namorados
Viveiro de Artesanato
Bonecas Biotradicionais
Facebook
Newsletter
Subscreva a Newsletter Adere-Minho para ficar a par de todas as nossas novidades.
Pesquisar
Prémios do site

designersdepot

03.jpg
Balanço dos processos de Certificação das Tradições Minhotas
Terça, 30 de Agosto de 2011
Balanço dos processos de Certificação das Tradições Minhotas

Lenços de Namorados do Minho; Olaria e Figurado de Barcelos, Bordado de Guimarães e Bordado de Viana do Castelo

A Adere-Minho, faz um pequeno balanço dos 8 primeiros meses de 2011 no que diz respeito aos processos de certificação existentes no continente, tendo-se verificado face ao ano anterior (2010) um maior número de adesões por parte dos artesãos e de peças certificadas, isto porque cada vez mais os artesãos querem vender qualidade e garantia de tradição e o consumidor atento, prefere ter um produto genuíno que sabe a mais valia e o seu significado.

Assim, no que diz respeito aos Lenços de Namorados do Minho, temos o registo de 11 artesãs e 2 Unidades Produtivas artesanais. Céu Cunha e Mi-Linha, foram quem se destacou com mais lenços certificados e que por outro lado em 2011 a Aliança Artesanal, Associação Pedras Brancas e Associação C.R. M. Aboim da Nóbrega não certificaram qualquer Lenço de Namorado do Minho.
.

Relativamente à Olaria de Barcelos, mantêm-se os 5 artesãos a produzir peças certificadas, destacando-se o artesão Júlio Alonso como o mais antigo nesta produção.
O Figurado de Barcelos, ex-libris deste município, é sem dúvida aquele que mais peças têm certificadas, em 2011 são já 22.500 peças que contem selo de certificação.

O processo mais recente o Bordado de Guimarães conta com 8 artesãs, relativamente ao número de peças certificadas, são já 2.000. De referir que as peças da categoria Contemporânea são 31, todas das artesãs Adélia Faria, Isabel Oliveira e Conceição Ferreira. Neste momento encontram-se em formação vários grupos de desempregadas que estão aprender esta arte para fazer do Bordado de Guimarães a sua profissão e poderem vir também elas a produzir peças certificadas, tão precisas para aquela que será a Capital Europeia da Cultura em 2012.

Finalmente o Bordado de Viana do Castelo, está prestes a ser concluído contando a Adere-Minho ver peças certificados no último trimestre de 2011, com uma adesão muito massiva tendo em conta esta tradição e o número de artesãs e unidades produtivas existentes em Viana do Castelo.

O ARTESANATO COM SELO DE QUALIDADE, AUTENTICIDADE , VALORIZA O PRODUTO E O ARTESÃO FAZ COM ESTE NUNCA PERCA O PODER DE VENDA.

A Adere-Minho é entidade certificadora de todos estes produtos contando com a estreita e preciosa colaboração da Câmara Municipal de Barcelos, A Oficina de Guimarães e a Câmara Municipal de Viana do Castelo.